Fábio Caramuru | Entrevista

06 de Fevereiro de 2007

Fábio Caramuru iniciou seus estudos na Escola Magda Tagliaferro com quem veio se aperfeiçoar mais tarde em Paris. Recebeu o Grande Prêmio da Crítica da APCA em 1991, como diretor artístico da Fundação Magda Tagliaferro. Obteve mestrado pela Escola de Comunicações e Artes da USP com uma dissertação a respeito do piano na obra de Tom Jobim. Em 1997, lançou Tom Jobim Piano Solo. Nos últimos anos, vem se dedicando à pesquisa e à interpretação de música brasileira. Em 2004 lançou seu quinto CD Moods Reflections Moods, em parceria com o baixista Pedro Baldanza e projeto gráfico de Guto Lacaz.

Perguntas

  1. - Os temas aqui tem uma autoria nobre, você escolheu Tom Jobim e esse é o seu segundo trabalho sobre ele, como é que você conseguiu escolher esse repertório?
  2. - Para você Tom Jobim foi um bom pianista ou ele era mais um grande compositor para o piano?
  3. - Por que se diz que as harmonias do Tom Jobim são assim tão especiais?
  4. - Vamos falar dessa sua parceria com o baixo, piano e baixo são dois instrumentos que se casam perfeitamente. Como é o trabalho aqui com o Pedro?
  5. - Você passou um tempo fora do país, estudando fora, você sente muita diferença entre o ensino aqui e o acesso à música instrumental?
Voltar ao topo

Programação SescTV

31 de Outubro

  • 14:00Passagem de Som - Carlos Malta e Pife Muderno
  • 14:30Instrumental Sesc Brasil - Carlos Malta e Pife Muderno
  • 18:30Passagem de Som - Sidiel Vieira
programação completa