Izaías e Seus Chorões | Bate-Papo

24 de Janeiro de 2011

Izaías Bueno de Almeida começou a tocar bandolim com 10 anos de idade. Quando foi apresentado por Jacob do Bandolim, tornou-se o mais respeitado bandolinista de São Paulo. Israel passou depois para o violão, tocando bossa-nova, e para a guitarra, integrando conjuntos de iê-iê-iê. O começo dos anos 70 marcou também o nascimento de Izaías e Seus Chorões, com a atual formação, junta há mais de dez anos.

Perguntas

  1. Existe diferença entre o choro paulista e o choro carioca?
  2. Como vocês imaginam o futuro do choro? As gravadoras apóiam de alguma forma?
  3. O Arnaldinho acabou de falar em mídia, uma divulgação mais forte da mídia. Mas você vem antes da televisão, você viu tanta coisa... Como era o chorinho antes da televisão, como era a cidade, a noite?
  4. Por que a experiência do Clube do Choro em São Paulo não deu certo? Ao contrário do Clube de Brasília e a Escola Portátil do Rio?
  5. Vocês têm discípulos para continuar com o trabalho de vocês?
  6. Por que o choro não consegue alcançar a periferia de São Paulo?
  7. Conte a história de quando você começou a tocar e você trabalhava. A história do começo de tudo.
Voltar ao topo

Programação SescTV

23 de Janeiro

  • 05:00Instrumental Sesc Brasil - Tony Babalu
  • 09:30Passagem de Som - Toninho Ferragutti e Neymar Dias
  • 10:00Instrumental Sesc Brasil - Toninho Ferragutti e Neymar Dias
programação completa