Cleber Almeida | Bate-Papo

19 de Fevereiro de 2018

Considerado um dos mais importantes pesquisadores e divulgadores dos ritmos brasileiros da atualidade, o baterista Cleber Almeida apresenta o show de seu disco de estreia “Música de Baterista”. No repertório, dez músicas instrumentais compostas e arranjadas pelo versátil instrumentista passeiam pela polirritmia da cultura popular brasileira como o samba de gafieira, forró, valsa e maracatu.

Perguntas

  1. Cleber, você tem referências de bandas de gafieira ou bandas dos anos 1960, que bandas são essas?
  2. César Camargo Mariano é uma influência para todos que fazem música desse tipo?
  3. Você também disse que o disco foi gravado em quatro dias, como foi esse processo?
  4. Tocando com o Trio Curupira, a Banda Mantiqueira e mais recentemente com Hermeto Pascoal, como é que você administra o seu tempo e mantém a sua técnica em dia?
  5. Fábio, fale um pouco sobre ensinar, aprender e daquela nossa conversa sobre acordes abertos?
  6. O pessoal do sopro também poderia contar um pouco dessa passagem "da nuvem para a prática"?
  7. Essa composição também dá espaço para o improviso, não é?
  8. Falando de improviso, o Hermeto Pascoal sempre diz que todo mundo pode improvisar mas quem improvisa mesmo é quem estuda. Como ele passou isso pra vocês?
  9. O processo de composição mudou no decorrer dos anos e quais as principais mudanças nas músicas adaptadas para o grupo?
  10. Quais são os bateristas que mais te influenciaram?
Voltar ao topo

Programação SescTV

28 de Fevereiro

  • 21:00Passagem de Som - Nenê Trio + Kinteto
  • 21:30Instrumental Sesc Brasil - Nenê Trio + Kinteto
programação completa