Dedo de Moça | Bate-Papo

26 de Março de 2018

O grupo vem se dedicando a apresentar releituras para clássicos do samba e do choro numa formação inusitada e camerística. Contando com instrumentos poucas vezes presentes e combinados nesse tipo de repertório, como o violino e o cello, juntamente com os tradicionais cavaquinho, flauta e violão de 7 cordas, o grupo tem se destacado pela sofisticação e beleza dos arranjos autorais que realçam o aspecto melódico e lírico dessas composições.

Perguntas

  1. O arranjo de vocês traz informações novas, mas falem como vocês pensaram esses arranjos, essas releituras?
  2. Outra coisa que chamou atenção foi no clássico “Não deixe o samba morrer”, da Alcione, que estavam as quatro lendo a partitura.
  3. Como é a formação de vocês? Quais grupos vocês tocam?
  4. Você sempre usa a sétima corda em sí?
  5. Qual espaço para a improvisação? O arranjo foi feito coletivamente?
  6. Como é ser musicista mulher no Brasil e ainda por cima de música instrumental? Que referências pra quem quer estudar arranjos de câmara pra música popular?
Voltar ao topo

Programação SescTV

30 de Novembro

  • 15:00Passagem de Som - Rakta
  • 15:30Intrumental Sesc Brasil - Rakta
  • 18:00Intrumental Sesc Brasil - Violentango
  • 19:30Passagem de Som - Davi Fonseca
  • 00:03Passagem de Som - Arismar do Espírito Santo
programação completa