Carlos Lyra | Bate-Papo

03 de Dezembro de 2012

Carlos Lyra é um dos criadores da Bossa Nova, gênero que floresceu no Rio de Janeiro no final da década de 50, e que encantou e encanta o mundo até hoje, prestes a comemorar 60 anos carreira, continua ativo, compondo e se apresentando pelo Brasil e pelo mundo. Seu ritmo e ginga, de acordo com palavras de Tom Jobim, são ímpares e suas melodias fornecem um apanhado da cultura brasileira com informações de todas as regiões do Brasil. Neste show instrumental, Carlos Lyra apresenta, dentre suas composições, um variado leque de ritmos, tanto com influências da música européia e americana como da enorme diversidade que é a marca registrada do nosso país. Passando por valsas, modinhas jazz e música espanhola, ele mescla com as influências brasileiras os sambas, marchas, toadas, choros e vários outros ritmos típicos das diversas regiões do país.

Perguntas

  1. Primeiro eu queria matar uma curiosidade Carlos, a "Canção que morre no ar", que é aquela sua com o Bôscoli, eu lembro de uma gravação com a Gal Costa, naquele disco "Cantar", uma gravação de setenta e poucos... Quem gravou primeiro? Foi a Maysa?
  2. Como é fazer as vozes das canções do Carlos Lyra nesse espetáculo?
  3. O Carlos Lyra poderia contar a história que houve no Carnegie Hall, "a bagunça que deu certo"... Você chegava até a imitar o Tom Jobim, que também estava lá...
  4. Qual a sua idade? Qual a sua formação musical? E qual a sua dieta para se manter tão jovem?
  5. Qual é o ritmo mais difícil de se mesclar com a bossa nova?
  6. Astrologia e música? Por quê?
  7. A bossa nova foi influenciada por inúmeros gêneros? Qual a influência dela na música brasileira atual?
  8. Na "Valsa Dueto" você fez as duas vozes ao mesmo tempo ou uma depois da outra?
  9. Até onde você acha que foi a influência da Bossa Nova? Você pode dizer, por exemplo, Chico Buarque? Caetano Veloso?
Voltar ao topo

Programação SescTV

19 de Setembro

  • 03:30Passagem de Som - Edu Ardanuy
  • 13:00Passagem de Som - Maurício Einhorn
  • 13:30Instrumental Sesc Brasil - Maurício Einhorn
  • 18:00Instrumental Sesc Brasil - Don Pi Quinteto
  • 22:30Passagem de Som - Don Pi Quinteto
programação completa